Pureza

Estava impuro.

Meus chakras pareciam que estavam cada vez piores.

Ai ela empunhou a lança e atravessou minha carne.

A dor foi terrivel, porem aguentei.

Já aguentei coisas piores.

Quando a dor parecia estar no seu ápice, uma luz começou a inundar meu corpo.

Luz carregada de paz, amor, confiança, força.

Com o meu sangue que havia escorrido, minhas duvidas e medos implantados na igreja nefandi foram embora.

Esvaindo, junto com meu sangue,

Estava fraco após ser estacado duas vezes.

Estava forte novamente.

O verdadeiro Ranmaru estava voltando.

O ser de pura luz e espiritualidade.

Vi Britney cheia de duvidas olhando para mim, vi a cara de medo ao me ver machucado,

E a acalmei com um sorriso puro, dizendo que estava tudo bem.

Fui levado para o hospital ao qual trabalho, meus colegas ficaram espantados com a gravidade dos ferimentos, porem disse que estava bem, e pedi prioridade a Jonathan nos cuidados. Cada vez mais a felicidade me toca, pois em meu mundo, eu era distante, e somente agora posso ver o quanto sou querido, a pena dos outros era uma ilusão criada por mim.

Fui tratado como rei no hospital, todos os médicos tinham o olhar de gratidão para mim, será que é por causa do incidente a meses atrás da Tecelagem Imperial?

Após o terceiro dia de internação, estava sozinho no apartamento do hospital, pois Britney tinha ido almoçar não sei com quem, achu que deve ter sido com o Dimas.

Encosto melhor no travesseiro, e começo a cochilar. Imagem de meu Sifu começão a vir aleatoriamente em minha mente, relembro em segundos todos ensinamentos dele, vejo ele me batendo, derrepente vejo meu querido discípulo abrindo a porta pesada do dojo, vejo minha mãe, sinto o beijo amoroso dela em minha testa, tento alcança-la, estou no dojo Takeda, 2 golpes, 12 golpes, 24 golpes, 32 golpes, 64 golpes, Juken perfeito!, meu querido pai, feliz…

A respiração de Ranmaru começa a ficar ofegante, se coração acelera com o leitor de batimentos começando a apitar, a respiração fica dificil, o coração está prestes a explodir, enfermeiros correm para o quarto, Britney com um café na mão no corredor ve uma movimentação estranha, correria, quando apreoxima-se melhor ve a movimentação no quarto de Ranmaru, café ao chão, ela corre, na porta o som da morte, piiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii…...............

Médicos Berrando: sem pulso, sem pulso, traguam o desfibrilador, sem pulso…....

O primeiro choque do desfribilador não resulta em nada

Segundo

Terceiro

Ranmaru estava vendo o Dragão, corria atrás do dragão, porem o animal era sagaz, não era qualquer um que iria pega-lo, porem Ranmaru não é qualquer um, ele é Ranmaru Takeda, Ultimo sobrevivente do clã Takeda, Primus Akasha de São Paulo, o Médico, o Lutador. O Dragão sucumbe á Ranmaru

Pi Pi Pi

Ranmaru desperta com um ardor gigantesco em seu peito e suas costas, o dragão está no novo estágio, sem perceber Ranmaru solta a onda de vida e desfalece em sua cama.

No dia seguinte Ranmaru desperta e sente-se mais…......Puro!

Pureza

Mago selune01