Visões

“Lembre-se sempre de você, do que aprendeu, de onde veio, do que faz parte. Esse é o segredo. É a chave para os tempos turbulentos. Lembre-se, Lembre-se, Lembre-se. O segredo é saber que tudo isso é uma ilusão, os primeiros passos você já deu. Resta agora desevendar lentamente o que falta”.

“Por favor…. está doendo… eu não quero isso…. me ajude…. eu não quero mais sofrer…. ME SALVE…...... ME SALVE

“Entenda, Menina, que o medo e o sofrimento nada mais é que a falta de aceitação. Teme-se o desconhecido porque não se pode ter controle sobre ele. O Apego ao Poder e ao Controle desvirtua tudo. A compreensão é a chave, não o domínio”

“ME AJUDE DEUS, EU NÃO QUERO FICAR AQUI, EU NÃO QUERO, EU QUERO SAIR DESSE LUGAR ESCURO

“Fé. Fé até nos momentos mais difíceis. Pode o mundo estar desabando, acabando, todos que ama morrendo e sua fé continua impecável. Entende agora? Entende o porquê do salmo 23?”

“POR QUE VOCÊ TIROU ELE DE MIM????”

Britney “acordou” do transe, um pouco mais cedo do que acostumava acordar para fazer seus rituais matinais na capelinha. Estava descansada, mas intrigada, com o tanto de espiritos que a visitaram durante a noite. Com o tanto de mensagens que acabou canalizando. O que tudo aquilo deveria significar?

E enquanto pegava as velas especiais para o Navaratri que hoje começaria, pensava na situação da Capela, no ataque e nos novos “integrantes”. Sabia que isso seria um progresso tremendo em termos de união, talvez um enorme, pelo menos para eles, de acabar com esse conflito sem sentido algum.

Já lá fora, ela para por alguns momentos para apreciar o sol nascendo refletido na represa. Fechando os olhos e respirando fundo, Britney relaxa, mas quando voltou a abrir os olhos, teve uma horrível visão. A água deu lugar a uma substância viscosa, porém transparente. E Ela podia ver diversos dos seus amigos no fundo. Se afogando. Com raiva, medo e desejos. Podia ver tudo isso. E na base da água, a Estrela Vermelha refletida, dessa vez tão perto, que seu tamanho já superava ao do sol. Britney podia sentir o sofrimento das almas das pessoas dentro da represa.

Por um momento começou a sentir a mesma dor, e sentiu as pernas querendo fraquejar e cair. Porém, pisou firme e apenas se ajoelhou, deixando e acendendo uma vela na beira da represa.

Britney então se dirigiu para sua capela, pois ainda tinha os rituais da manhã para realizar. Sentia que no fundo essas visões deviam ter a ver com o Navaratri. Mas que iria estar preparada para seja lá o que viesse.

Visões

Mago Sophuz